Dieta Jejum Intermitente

O Jejum Intermitente é uma das soluções para os homens modernos que têm uma preocupação a mais: manter o corpo em dia.

Porém, nós sabemos como não é fácil tratar do trabalho, dos compromissos familiares e de todos os outros afazeres, e ainda assim continuar com o peso ideal.

Dieta Jejum Intermitente

Foi por causa desse desejo que tanto eu, quanto alguns amigos e familiares, resolvemos tentar o método do Jejum Intermitente que está ficando mais universalizado.

É claro que nosso modo de vida precisou ser adaptado: para que o Jejum Intermitente tenha funcionalidade, é preciso que a pessoa já tenha certa disciplina alimentar e também de exercício.

Contudo, essa prática chega a funcionar melhor que dieta quando o homem tem pressa para emagrecer.

O motivo para que o Jejum Intermitente tenha mais funcionalidade que uma dieta comum, é que ele força mais o organismo a gastar as calorias que ele já armazenou antes.

Além disso, a ingestão de novas calorias é bem menor que aquela que acontece nas dietas comuns: a combinação desses dois pontos faz com que o organismo perca gordura em um período menor.

Reforçando o que se mencionou quase agora sobre o modo de vida precisar ser alterado: se você come muita coisa gordurosa e não tem qualquer hábito de exercício, não vai ter tanto retorno ou, pior que isso, não terá nenhum resultado.

Aliás, se você tem um compromisso e quer perder muitos quilos até lá, em curto prazo, o Jejum Intermitente também não serve: ele só será útil se você quer secar poucos quilos.

Como funciona o Jejum Intermitente?

O Jejum Intermitente é uma restrição alimentar que acaba “forçando” o organismo a queimar calorias.

Por causa disso, ele faz com que o indivíduo diminua as medidas com certa rapidez, o que significa que é um método de emagrecimento acelerado ótimo para emergências.

É claro que essa forma de emagrecimento está virando uma sensação por causa da sua funcionalidade, mas você precisa ter em mente que isso não é para ser um estilo de vida: não é saudável para o corpo ficar constantemente sem alimento por várias horas.

Isso é somente uma forma emergencial para quando existe necessidade de perder peso e com pouco prazo.

Como funciona o Jejum Intermitente?Apesar disso, existem muitas pessoas que realizam esse jejum a cada quinze dias ou então semanalmente.

Isso é possível, mas somente para alguns perfis e com o acompanhamento rigoroso de um nutricionista: ele vai determinar o que precisa estar na dieta para que a pessoa não fique anêmica e nenhum dos seus órgãos seja prejudicado.

É sempre importante lembrar você de que o nutricionista precisa ser sério: o Jejum Intermitente é uma coisa excelente para o seu corpo e para a sua saúde, mas somente se são considerados diversos pontos.

Além disso, ficar apenas “pegando dicas” como colega da academia, com o vizinho ou qualquer outro amigo, pode destruir o seu jejum e os benefícios que ele te concederia.

Dietas de Jejum Intermitente

Quando fui ao nutricionista para pedir orientações sobre como fazer a dieta do Jejum Intermitente, ele me indicou praticar uma filosofia alimentar saudável.

Dessa forma, foi possível que eu emagrecesse uma boa parte do que era preciso. Protocolo Jejum Intermitente 16/8

O método que eu usei, e que é muito visto dentre os praticantes, é comer por 8 horas e depois fazer jejum pelas 16 horas restantes, o chamado “protocolo 16/8”.

É fundamental que você não deixe de almoçar e de jantar com qualidade, uma vez que vai ficar tantas horas sem comer.

A minha recomendação para quem vai fazer o Jejum Intermitente fazer o que fiz, isto é, conversar com um profissional de nutrição com antecedência: o intervalo de 16 por 8 é somente um dos muitos que se pode utilizar.

A seguir, eu vou mostrar outros exemplos de protocolos e dietas que podem ser colocados em prática.

Tipos de protocolos para fazer Jejum Intermitente

Tipos de protocolos para fazer Jejum Intermitente

Jejum Intermitente 24 horas

Vou mencionar para você outros tipos de protocolos de Jejum Intermitente que dão certo e que alguns conhecidos já utilizaram, sendo a primeiro o de 24 horas.

Esse é bastante difícil, porque você vai ter de ficar sem comer por um dia completo: nesse tipo de horário, os nutricionistas tendem a recomendar que se tome chá sem açúcar ou café com adoçante.

Além disso, não se esqueça de que a água é um item obrigatório para que você não passe mal por desidratação.

O ponto mais complicado desse tipo de Jejum Intermitente é que você terá de planejar bem quando vai fazê-lo: não dá para trabalhar e ficar 24 horas sem se alimentar.

Se você tem algum problema de saúde ou está usando medicamentos, esse jejum também não será o melhor.

Jejum Intermitente 36 horas

Outro jejum é o de 36 horas, mas é preciso destacar duas coisas: a primeira é que você não vai ficar todas essas horas sem comer, sendo preciso consumir certa quantidade de calorias.

A segunda é que é obrigatório que um nutricionista indique esse jejum e que ele faça o acompanhamento: quanto mais horas o Jejum Intermitente dura, maior é a probabilidade de a pessoa se sentir mal se não tiver a devida assessoria.

Jejum Intermitente 5:2

Um tipo de Jejum Intermitente um pouco mais leve e que pode te ajudar se você nunca fez um é o chamado 5:2.

Nesse tipo, você poderá comer normalmente por cinco dias e realizará o Jejum Intermitente pelos outros dois; contudo, ele não será total, e pode-se ingerir até 600 calorias em cada dia.

Dieta do Guerreiro

Por fim, outro tipo de Jejum Intermitente que você pode realizar é o conhecido como Dieta do Guerreiro, que é ainda mais leve que o 5:2.

Nesta possibilidade, a dieta é baseada em vegetais, e não se pode comer outra coisa durante todo o dia; já à noite, pode-se ingerir proteínas e outros tipos de comida, mas sempre sem exagero – e preferindo as coisas que não são industrializadas.

Todas essas modalidades de Jejum Intermitente têm a sua forma de fazer com que o gasto calórico seja estimulado e, claro, manter a sua saúde em dia.

Reforça-se que é preciso respeitar o organismo: ir direto para uma dieta de 36 horas é muito perigoso, dizendo-se o mesmo da dieta de 24 horas.

Para começar, a Dieta do Guerreiro é a melhor e, com a orientação correta, passa-se aos jejuns mais rigorosos.

Passo a Passo para fazer Jejum Intermitente

Entender como fazer o Jejum Intermitente é o primeiro passo para você conseguir um corpo enxuto com um tempo menor.

Primeiro, será preciso que você estabeleça qual será a janela de alimentação, ou seja, por quanto tempo você vai ficar sem comer.

Depois, precisa programar as suas principais refeições, como almoço e jantar, para que elas aconteçam no período em que a alimentação está liberada.

Se o nutricionista indicar bebidas, ele vai explicar se elas são totalmente liberadas ou se tem um limite.

Sabendo disso, vai ser necessário encaixasr esses líquidos também, lembrando que eles devem estar sem açúcar ou com a menor quantidade possível.

Jejum Intermitente emagrece?

O Jejum Intermitente teve origem a partir de pesquisas realizadas em outros países, inclusive nos Estados Unidos.

De acordo com o que foi descoberto na Universidade de Medicina da Flórida, esse tipo de alimentação faz com que você perca mais peso do que se estivesse fazendo uma dieta.

Por isso, imagine que você tem uma viagem para a praia e quer secar um pouco nos dias anteriores: é melhor fazer o Jejum Intermitente do que ficar de dieta nesses dias.

O motivo pelo qual eu e outras pessoas resolvemos testar esse tipo de restrição é porque ouvimos muito que o Jejum Intermitente ajuda a perder peso.

No começo, pode parecer difícil, demais ficar tantas horassem comer, mas existe mesmo uma justificativa plausível para que se perca peso.

O corpo de todas as pessoas tem uma quantidade de energia, que vem da alimentação imediata, e uma reserva, que é a gordura que se acumula.

Quando a pessoa come mais calorias do que o organismo precisa usar, junta-se essa gordura e o peso sobe.

Quando a pessoa está no Jejum Intermitente, porém, ela está comendo bem menos, mas o seu corpo continua gastando, inclusive da quantidade reserva de gordura.

O estudo que eu mencionei, de autoria da Universidade da Flórida, não diz somente que o Jejum Intermitente tem benefícios para o corpo, mas também que ele emagrece mesmo.

Quais são os benefícios do JI?

Benefícios do Jejum Intermitente

Pode-se falar de muitos benefícios do Jejum Intermitente no que se refere a melhorar a saúde, inclusive:

Raciocínio

Melhora o desempenho do cérebro, já que um hormônio específico fica mais numeroso: o BDNF. Por isso, se você fizer esse jejum com a orientação apropriada, vai perceber que seu raciocínio fica melhor e que o retorno em suas diversas atividades é potencializado.

Sistema imunológico

Os diagnósticos de vários tipos de inflamação ficam mais baixos, já que o organismo fica mais limpo. Quando você realiza o Jejum Intermitente, o corpo fica com menos toxinas, e isso faz com que o sistema imunológico esteja melhor. Mais uma diferença que você vai ver é a respeito da forma como sua cicatrização melhora e como você fica menos doente.

Rejuvenescimento

O envelhecimento é mais uma coisa que será diminuída se você escolher o Jejum Intermitente. Como esse jejum faz com que o corpo fique muito mais limpo de toxinas, a pele e diversos outras partes ficam muito mais conservadas.

Prevenção da diabetes

Até a diabetes tipo 2 pode ser prevenida, porque essa forma de restrição alimentar modifica a quantidade de insulina.

Controle da pressão

Esse jejum pode colaborar para que a pressão arterial seja diminuída, especialmente porque o corpo deixa de receber tanta gordura e tantos compostos industrializados.

Controle da fome

Se você tiver a alimentação correta nos períodos em que têm de comer, a sua saciedade será muito melhorada. É verdade que, no início do Jejum Intermitente, você pode ficar com bastante fome e sentir que precisa mesmo comer, mas a alimentação com itens integrais, por exemplo, vai colaborar para que o seu corpo comece a se sentir mais satisfeito.

Prevenção da depressão

A depressão é reduzida com esse Jejum Intermitente por diferentes razões: você vai começar a acabar com a sua dependência de comida, por exemplo, e a sua autoestima vai melhorar. Além disso, com a retirada de tanta toxina do organismo, a disposição também ficará mais acentuada, e isso vai proporcionar mais vontade de fazer as tarefas.

Controle dos hormônios

Não são só as mulheres que têm de tomar conta da sua flutuação hormonal: nós também precisamos porque muitas coisas estão relacionadas a ela. Os resultados dos treinos, por exemplo, assim como o crescimento ou a queda dos cabelos, e ainda o humor. Uma vez que o Jejum Intermitente colabora para o controle do funcionamento do corpo, ele também atinge os hormônios e os deixa mais regularizados.

Cardápio Jejum Intermitente para Iniciantes

Cardápio Jejum Intermitente para Iniciantes

Se você vai começar com esse jejum, tem de saber que não é simplesmente parar de comer em certos períodos.

Existem alimentos que não podem ser ingeridos nem mesmo enquanto a alimentação está liberada, como os alimentos industrializados e os pães brancos, assim como qualquer outro item que use farinha branca.

Recomenda-se também que os doces também não sejam consumidos.

Falando do que se pode, é indicado quase todo tipo de tubérculo: os inhames cozidos, por exemplo, acompanhados de legumes, funcionam bastante como almoço ou como jantar.

Pode-se comer também os cereais integrais e ainda as proteínas pouco gordurosas.

Em um almoço de quem está em Jejum Intermitente, por exemplo, pode-se comer pão integral (somente uma fatia) com um pouco de manteiga, preferencialmente sem sal. Também é permitido combinar ainda com um iogurte desnatado.

Já no jantar, um prato adequado seria frango salteado e combinado com alguns legumes, ou então salada de atum. Para a sobremesa, é possível comer uma banana ou uma maça.

Jejum Intermitente Antes e Depois

Os resultados do Jejum Intermitente são mesmo reais, mas apenas quando você tem a consciência de que precisa continuar com os seus exercícios, ainda que mais brandos nesses dias, e que não adianta “enfiar o pé na jaca” durante a janela de alimentação ou quando o jejum acaba.

É possível, aliás, aumentar bastante a massa muscular, pois a massa magra não é eliminada por causa desse jejum, como você pode ver nesses exemplos pessoas que emagreceram com os métodos do JI.

Antes e depois Jejum Intermitente

Antes e depois Jejum Intermitente

Antes e depois Jejum Intermitente

Dieta Jejum Intermitente
4.8 por 121 de votos

One Response

  1. Caique 29 de julho de 2018

Deixe seu comentário