Androxon: Para que serve? Onde Comprar? Bula Completa

Androxon

O Androxon é um medicamento especializado no processo de reposição hormonal da testosterona. Ao longo dos anos, milhões de homens vêm sofrendo com redução gradual desse hormônio, seja pelo avanço da idade, seja por fatores psicológicos.

A testosterona é o hormônio relacionado à atividade sexual e está intimamente ligado ao aumento da libido. Esse hormônio atua potencializando o desejo e possibilitando a ocorrência de uma boa relação sexual.

Também é possível relacionar a testosterona a diversos outros impactos positivos à saúde do homem, como redução de estresse, melhorias no preparo físico e fortalecimento muscular.

Quando as taxas de testosterona se encontram reduzidas nos homens, muitos procuram repô-las. Existem inúmeros tratamentos disponíveis atualmente para essa função. Contudo, diversos deles geram efeitos colaterais que fazem o processo ser doloroso e complexo.

O que é o Androxon?

O Androxon é um fármaco largamente utilizado para a terapia de reposição de testosterona no organismo masculino. Os pacientes que sofrem com distúrbios hipogonadais são os mais indicados para ingerir Androxon.

É um remédio que gera baixo impacto hepático, graças à absorção rápida através do sistema linfático, o qual é responsável pelo transporte de fluídos no organismo. Isso que faz com que ele não interfira no processo linfático, sendo largamente recomendado pelos especialistas.

Melhor Alternativa

 

Após sucesso nos EUA chega ao Brasil, o Viagra Natural que estimula a produção de testosterona naturalmente, sem efeitos colaterais.

Como o Androxon funciona?

O Androxon atua na reposição do hormônio testosterona. Quando utilizado conforme indicado pelo médico, eleva os níveis dos hormônios sexuais masculinos na corrente sanguínea.

O Androxon é processado pelo organismo e é metabolizado no intestino. Sendo assim, não passa pelo fígado, o que faz com que este não se intoxique e fique saudável. Contudo, a fórmula do medicamento tem vida útil curta na corrente sanguínea, o que gera necessidade de reposição constante para que seja possível manter uma dose estável no sangue.

O princípio ativo do medicamento é o undecilato de testosterona, que é naturalmente transformado em testosterona pelo corpo. Esse elemento evita a passagem pelo fígado, sendo transportado através do sistema linfático. É por esse motivo que sua ingestão ocorre via oral.

O uso ininterrupto do Androxon impacta no crescimento dos níveis plasmáticos de testosterona e seus metabólitos ativos.

Nos pacientes do sexo masculino, o testículo é responsável pela secreção da testosterona. Esse hormônio é quem atua permitindo o desenvolvimento e o funcionamento dos órgãos genitais do homem.

A testosterona é altamente necessária para o crescimento de pelos no corpo, estimulando a produção de glóbulos vermelhos do sangue, e para o desenvolvimento de ossos e músculos.

Quando há baixa concentração de testosterona, o Androxon é utilizado para recompor a presença desse hormônio no organismo.

Androxon Contraindicações

O Androxon possui algumas contraindicações e demanda certo cuidado dos usuários. Essas ressalvas devem ser respeitadas e as pessoas que forem impossibilitadas de fazerem o seu uso devem seguir essa recomendação.

Os pacientes impossibilitados de usar Androxon são:

  • Pacientes com câncer de próstata ou de mama, ou ainda aqueles que tenham suspeita de terem essas doenças;
  • Pacientes que possuem alergia à substância ou a qualquer elemento presente na composição do fármaco;

O Androxon é um medicamento feito para uso masculino. Portanto, seu uso é contraindicado para pacientes do sexo feminino.

O tratamento de reposição hormonal da testosterona gera aumento do tamanho da próstata, especialmente nos homens idosos.

Dessa forma, nos casos em que o homem desejar fazer utilização do medicamento, o acompanhamento do médico é crucial para saber a sua real situação e se realmente poderá fazer uso do remédio.

Em determinados casos, o profissional de saúde também deverá autorizar o uso do medicamento. Entre algumas situações, estão:

  • Diabetes;
  • Cefaleia (dor de cabeça).
  • Câncer renal ou pulmonar;
  • Problemas cardíacos, doenças renais ou do fígado;
  • Pressão alta.

Nas ocasiões em que o homem tiver alguma dessas condições ou já teve, deverá informar ao médico, já que a ausência dessa informação, aliada ao uso do remédio, poderá resultar em problemas graves de saúde em médio e/ou longo prazo.

Efeitos colaterais do Androxon

O Androxon também não está imune de efeitos colaterais. Foram realizados diversos estudos e algumas reações puderam ser observadas. Algumas aconteceram por mais vezes, outras em menor escala, contudo estiveram presentes nos pacientes que utilizaram o medicamento.

Dentre as reações adversas observadas, destacam-se:

  • Alteração nos níveis de colesterol
  • Depressão
  • Coceira;
  • Acne;
  • Náusea;
  • Nervosismo;
  • Alterações de humor;
  • Problemas estomacais;
  • Dor muscular;
  • Retenção de líquidos nos tecidos;
  • Aumento do tamanho da próstata em homens idosos;
  • Aumento da pressão;
  • Ereção prolongada e dolorosa no pênis (priapismo);
  • Alterações no esperma.

Recomenda-se acompanhamento médico antes de adquirir o Androxon. É obrigatório ler e seguir as orientações da bula.

Androxon: Para que serve? Onde Comprar? Bula Completa
5 por 2 de voto[s]

Deixe seu comentário