Dor nos testículos: O que pode ser?

A dor nos testículos é algo bastante comum na vida de muitos homens. Felizmente, é raro isso trazer problemas mais sérios na vida de alguma pessoa. No entanto, de qualquer forma é preciso estar sempre de olho. Isso porque há algumas doenças que podem sim se manifestar por meio da dor nos testículos.

Sendo assim, procurar um médico e fazer um exame nunca é demais, certo? Caso esteja sentindo esse tipo de dor, não espere muito para ver o que pode ser a fim de evitar futuras complicações. Além disso, se deseja entender um pouco mais sobre o que pode ser dor nos testículos, é só continuar a leitura deste artigo.

Mas, lembre-se: procurar um médico é fundamental para saber sobre o seu caso em específico. Boa leitura!

Qual o motivo da dor nos testículos?

Como os testículos são órgãos realmente bastante sensíveis, é comum que eles fiquem doloridos depois de pequenas inflamações ou traumas mínimos. Quem é homem sabe que qualquer coisa pode gerar essa dor, não é mesmo?

Levando isso em consideração, a dor nos testículos pode ter origem tanto no próprio órgão quanto nas estruturas que estão ao seu redor. Além disso, problemas fora da bolsa escrotal como, por exemplo, pedras nos rins, é capaz de fazer o testículo doer também.

Ou seja, são vários os motivos que podem fazer com que os testículos doam. É por isso que não dá para dizer ao certo a respeito do seu caso em específico.

Na maioria das vezes, essa é uma dor que não traz grandes complicações e preocupações. Entretanto, em alguns casos a dor nos testículos pode sinalizar doenças mais graves no órgão, as quais são consideradas emergências médicas. Dessa forma, o tratamento precisa ser começado o quanto antes. Um grande exemplo disso é a torção testicular.

Portanto, ignorar uma dor nos testículos, independente da sua intensidade, pode causar alguns danos irreversíveis ao órgão. É por isso que procurar um médico para saber é fundamental.

Afinal de contas, se for algo simples ele vai falar para você não ficar preocupado e se for algo mais sério ele já começará o tratamento!

Como os testículos funcionam

Para entender um pouco mais sobre a dor nos testículos é muito importante entender a respeito da anatomia do órgão e da forma como ele funciona. Esse órgão começa a ser formado antes do que muitas pessoas imaginam: dentro do abdômen. Só depois que descem até o saco escrotal. Essa formação acontece antes do nascimento.

É comum que pelo menos 10% dos bebês nasçam com algum dos testículos dentro do abdômen ainda, algo que é conhecido como criptorquidia. No entanto, não é necessário se preocupar muito. Afinal, o órgão costuma descer até a bolsa escrotal até o primeiro ano de vida da criança.

Sendo assim, a localização desse órgão é na bolsa escrotal. Portanto, do lado de fora do abdômen. Outra questão importante de ser mencionada é que por estarem do lado de fora, os testículos possuem uma temperatura por volta de 2°C menor do que a temperatura do resto do corpo. Isso acaba permitindo que eles funcionem corretamente.

Ao contrário do que muitos imaginam, esse órgão fica suspenso pelo cordão espermático, e não solto dentro do saco escrotal. Esse cordão começa dentro do abdômen e possui vasos sanguíneos, nervos, músculo cremaster – que faz a movimentação involuntária dos testículos – e o canal deferente – uma estrutura que transporta os espermatozoides.

Logo na parte de cima, os testículos têm algo que é muito parecido com uma peruca, o qual é conhecido como epidídimo. Esse órgão faz o armazenamento dos espermatozoides. Aqui vale ressaltar também que é comum que um testículo acabe ficando mais pendente do que o outro. Além disso, o tamanho deles também pode ser diferente.

Mas, tudo isso, é claro, precisa ser de uma forma sutil. Caso note uma diferença muito grande entre os dois é preciso procurar um médico para descobrir a causa. Portanto, tudo isso é responsável pelo bom funcionamento dos testículos, certo? Cada uma das partes é realmente essencial para que tudo ocorra da forma como tem que acontecer.

Principais causas da dor nos testículos

Conforme já mencionado anteriormente, a dor nos testículos pode ser causada por diferentes fatores. Alguns desses não possuem quase nenhuma importância clínica, enquanto que outros são mais graves.

Em alguns casos, a dor nos testículos pode não significar problemas no órgão. É isso mesmo. Como é o caso da dor das pedras nos rins, por exemplo.

Em adolescentes e jovens é normal que existam queixas a respeito de uma dor nos testículos leve, sem nenhum outro sintoma associado. Na maior parte das vezes, isso desaparece com o tempo e não está ligado a nenhum problema em específico. Entretanto, caso contrário é necessário sim procurar um médico, assim como já citado antes.

Falando nisso, é o urologista o médico responsável por investigar o motivo da dor nos testículos. Os casos mais preocupantes são aqueles em que a dor não aparece sozinha, ou seja, há também inchaço da bolsa escrotal e febre.

Veja logo abaixo algumas das principais doenças que são motivos da dor nos testículos:

1. Varicocele

Para começar, a varicocele é considerada uma doença que tem como principal causa a dilatação das veias responsáveis pela drenagem do sangue dos testículos. É algo parecido com varizes, sabe? Só que no caso é nas veias testiculares. Hoje em dia, esse problema atinge cerca de 15% dos homens jovens, entre 15 e 25 anos.

2. Trauma testicular

Outra coisa que pode causar dor nos testículos é um trauma testicular. Como esse órgão é bastante sensível, qualquer trauma pode ser responsável por um desconforto muito grande. Nesse caso, a dor é muito forte, mas melhora logo depois de alguns minutos.

É claro que ainda existem inúmeras outras causas da dor nos testículos, no entanto de qualquer forma é necessário procurar um médico a fim de entender melhor cada caso.

Conclusão

Em suma, o ideal é que você não tire nenhuma conclusão a respeito da sua dor nos testículos após a leitura deste conteúdo. Ele foi produzido apenas para te indicar um caminho a ser seguido, ou seja, procurar um profissional o quanto antes, certo?

Lembre-se de que cada caso é diferente um do outro!

Dor nos testículos: O que pode ser?
5 por 2 de voto[s]

Deixe seu comentário