Como começar a tomar Viagra de forma correta

O Viagra foi o primeiro remédio em comprimido utilizado no tratamento da impotência sexual masculina (disfunção erétil).

A partir do seu lançamento, no ano de 1998, o remédio demonstrou ser seguro e eficaz. Contudo, como ocorre com qualquer outro medicamento é absolutamente fundamental entender como se deve tomar o Viagra de forma correta.

Isso permite obter os resultados mais relevantes e manter ereções firmes e duradouras.

Sendo assim, caso você esteja pensando em tomar Viagra pela primeira vez ou mesmo se já faz uso do medicamento, é preciso conhecer a forma correta de ingeri-lo.

Isso se dá porque algumas interações medicamentosas ou o uso em conjunto com drogas ilícitas pode ser fatal.

Como se deve tomar Viagra?

A ingestão do medicamento é bem simples. Os comprimidos devem ser tomados com água e podem ser acompanhados de refeições.

Entretanto, é preciso considerar que caso o paciente faça uma refeição com alto teor de gordura, o efeito do remédio pode demorar mais tempo para atingir sua eficiência.

Além disso, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode impedir, de maneira temporária, que ocorram ereções.

Por esta razão, se quiser obter o benefício máximo do Viagra, aconselha-se a não ingestão de álcool em quantidades grandes antes de tomar o medicamento.

Os efeitos do Viagra não são imediatos. Recomenda-se tomar o medicamento entre 30 a 60 minutos antes do ato sexual, de modo a permitir que o medicamento tenha tempo suficiente para começar a agir no organismo.

Dessa forma, os efeitos permanecem ativos até cerca de quatro horas depois da ingestão do remédio.

Algumas alternativas naturais

Esse suplemento importado abaixo funciona melhor do que o Viagra. O maior benefício é que você não sofrerá com efeitos colaterais causados pelo Viagra normal.

Confere abaixo o desconto de lançamento do Bull Power no Brasil. O medicamento foi o remédio natural para homens mais vendidos em 22 países da Europa.

Clica no botão e confere:

É importante saber que existem novas alternativas antes de pensar em consumir o medicamento.

Essas variações do remédio são tão eficazes quanto ele, mas não causam efeitos colaterais sensíveis ou graves reações adversas ao uso.

Um comprimido de Viagra de cada vez

Não é indicado tomar mais de um comprimido de Viagra em um período de 24 horas. Pode ser perigoso tomar duas doses por dia, sobretudo se as doses forem maiores do que 25mg.

Tomar dois comprimidos de uma só vez não duplicará seu desempenho sexual e nem a força da sua ereção.

Para Viagra 25, 50 e 100 mg, a dose máxima recomendada é de um comprimido por dia, meia hora antes do sexo com o seu parceiro.

Boa parte dos médicos recomenda para seus pacientes a dose de 50mg. Caso o paciente for tomar o medicamento pela primeira vez, é necessário optar pela dose de menor concentração (25mg).

Contudo, é indicado consultar um especialista na área antes de escolher qual é a dose certa para sua condição.

Pessoas que não devem utilizar o medicamento:

  • Pessoas com pressão arterial normalmente baixa;
  • Pacientes que tomam medicamentos que contenham nitratos. Por exemplo, remédios que são utilizados para a dor de peito;
  • Homens que sofrem de problemas cardíacos graves, que tenham tido algum ataque cardíaco em sua vida ou que tenham problemas de fígado;
  • Indivíduos que têm problemas renais ou hepáticos, o melhor é consultar o seu médico antes de pensar em tomar o Viagra;
  • Se você tem problemas graves em vista de alguma doença hereditária, ou se tiver sofrido alguma perda de visão importante. Não nos referimos às pessoas que usam óculos de visão por problemas como miopia ou hipermetropia;
  • Se já toma outro medicamento para a disfunção erétil. Não é aconselhável misturar os dois medicamentos;
  • Se é alérgico ao citrato de sildenafila, princípio ativo do medicamento;
  • Se não tem mais de 18 anos. O Viagra é recomendado apenas para aqueles maiores de idade;
  • Além disso, devemos lembrar que é melhor consultar um médico em certas ocasiões. Entre elas se você já teve um acidente vascular cerebral, alguma úlcera de estômago ou se tem hipertensão pulmonar. Pode não significar nada, mas é melhor prevenir.

Mulher pode tomar Viagra?

Com o advento do Viagra Feminino, não há motivos reais para as mulheres utilizarem a medicação masculina.

Isso ocorre pois, mesmo que tenha se mostrado muito eficaz no tratamento de pacientes com disfunção erétil, a medicação não é indicada para pacientes do sexo feminino com problemas de desejo.

Existem alguns indícios de que o Viagra masculino pode afetar positivamente o prazer sexual em mulheres, mas as pesquisas não conseguiram produzir provas definitivas de que o Viagra funciona para as mulheres.

Nunca ocorreu uma pesquisa médica profunda sobre o uso do Viagra por mulheres. Isso faz com que os efeitos que a droga pode ter em pacientes do sexo feminino não sejam conhecidos pela comunidade científica.

Esse fato pode potencializar o risco do uso e do tratamento, caso haja algum problema decorrente da ingestão do Viagra por mulheres.

Atualmente, não está claro se o Citrato de Sildenafila é seguro para as mulheres tomarem e quais efeitos colaterais a longo prazo a medicação pode ter sobre o corpo feminino.

Sendo assim, o Viagra masculino é unicamente receitado para o uso de pacientes do sexo masculino.

Conheça o suplemento importando que é melhor que o Viagra

Como começar a tomar Viagra de forma correta
5 por 1 de voto[s]

Deixe seu comentário